Devaneios

30 é a idade do sucesso?

Há uma semana de completar 30 anos é impossível não lembrar do filme ‘De Repente 30’ (13 Going on 30). Na obra, de 2004, a protagonista Jenna Rink (Jennifer Garner) repete durante 1h 38m de filme que 30 é a idade do sucesso. Eu, que na época do lançamento, tinha 13 anos, a mesma idade da personagem, acreditei por anos que 30 seria mesmo a idade do sucesso.

Me imaginava rica, bem-sucedida profissionalmente, casada com o homem dos sonhos (alô Bradley Cooper), lua de mel em Santorini, um casal de filhos, um Golden Retriever e férias semestrais nas Maldivas. Afinal, isso é o sucesso, não?  

Vamos para o check-list: não tô rica, não estou casada, não dei uns beijos no Bradley Cooper, não passei a lua de mel em Santorini, não tenho filhos, não tenho um Golden e nunca respirei o ar das Maldivas. Ops. Ferrou! Fracassei, né? Não! Com o passar do tempo a gente amadurece e percebe que o sucesso é algo muito relativo mesmo.

Se eu queria tudo isso, não sei. Talvez sim, talvez não. Não dá para trabalhar com algo que, provavelmente, nunca acontecerá (você quem está perdendo, Bradley). Hoje eu sinto que o sucesso é ir trabalhar num lugar que eu gosto, que me valoriza como pessoa e profissional e depois ir para casa, abrir uma garrafa de vinho e relaxar. Em tempos normais – sem pandemia- , encontrar os amigos para dar umas risadas, abraçar os familiares e beijar uns sapos pela cidade. Sempre que possível arrumar as malas e ir explorar o mundo, conhecer pessoas, dores e amores.

Hoje me sinto bem, feliz e bem-sucedida. Realmente, 30 é a idade do sucesso. Com 30 anos a gente já em maturidade e emocional para lidar com as adversidades da vida, já sabe do que gosta e do que não gosta e não aceita menos do que merece. Ter 30 anos é entender que é possível ser feliz com o que se tem. Não importa se vale milhões de reais. O que importa é se aquece o coração. Hoje, me sinto pronta para ter 30 anos. Seja bem-vinda, idade do sucesso!

Tenho sonhos adolescentes, mas as costas doem…sou jovem pra ser velha e velha pra ser jovem!
Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.